Collor diz que cabe ao presidente abrandar as paixões e unir o País

19 setembro 2019
Comentários: 0
Categoria: Notícias
19 setembro 2019, Comentários: 0

f02065f3-d118-4649-8d8f-74e6c8bf7d88“Um presidente da República, quando sai de uma eleição, sempre enfrenta uma sociedade dividida. Como essa última campanha foi muito ideologizada, isso rachou a sociedade brasileira. Cabe ao presidente abrandar as paixões e procurar unir o País em torno de propostas em favor da nação”. A afirmação é do senador Fernando Collor (PROS), ao ser perguntado sobre a falta de um discurso mais construtivo e agregador no governo Bolsonaro.

Collor comentou a declaração de Carlos Bolsonaro, segundo a qual as “transformações que o Brasil deseja não acontecerão por vias democráticas”. O ex-presidente da República considerou a fala “extremamente infeliz”. Indagado acerca da ditadura militar, expressou seu ponto de vista: “A minha leitura sobre a ditadura é que ela nunca é boa. Nós devemos perseverar o caminho da democracia”.

 Questionado pelos repórteres da BBC sobre eventuais similaridades entre seu governo e o do Bolsonaro, tendo como exemplo a “extinção da pasta da Cultura”, Collor disse que reduziu a doze o número de ministérios. Quanto à Cultura, afirmou ter havido, em seu governo, uma Secretaria para a área que deixou, inclusive, um grande legado, que foi a instituição da Lei Rouanet. “E aí está há 30 anos, financiando toda a produção audiovisual desse País, recolhendo prêmios importantíssimos internacionais. Quando se fala em cultura, se fala em Lei Rouanet”.

Em entrevista exclusiva aos jornalistas Matheus Magenta e Mariana Schreiber, da BBC News Brasil, Collor respondeu a questionamentos relacionados à política externa, indicação de Eduardo Bolsonaro para embaixada do Brasil nos EUA, fez a defesa do sistema parlamentarista de governo, disse continuar sendo o mesmo social-liberal de sempre, tratou do preenchimento do cargo de procurador-geral da República e contou como entrou na atividade política. Para ter acesso à íntegra da entrevista de Collor, acesse a matéria da BBC News Brasil clicando aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>